Quer receber dicas de Desenvolvimento Pessoal por E-mail?

9 Dicas Para Ser Mais Paciente

Olá!

Na década de 60 ficou famoso um experimento que ficou conhecido como o Experimento do Marshmallow.

Esse experimento foi conduzido na Universidade de Stanford que, por sinal, já tive o privilégio de conhecer. Essa fotinho aí do lado direito foi tirada lá.

O experimento era basicamente o seguinte.

O pesquisador sentava a criança numa cadeira. Na frente uma mesa com um prato e no prato um marshmallow.

O pesquisador então dizia: “Você pode comer o marshmallow agora ou esperar até eu voltar para comer. Se esperar ganha mais outro.”

Veja a experiência no vídeo abaixo.

Os resultados desse experimento que ficou conhecido por teste da gratificação postergada foram amplamente divulgados.

O experimento deixa bem claro que a paciência é um exercício forte de alto-controle.

O mais interessante é que anos depois os pesquisadores constataram que as crianças que tinham sido mais pacientes na espera da sua gratificação foram as pessoas mais bem sucedidas na vida.

Na prática você pode perceber que isso acontece no dia a dia.

• Você pode ter paciência no projeto que você está trabalhando e continuar trabalhando nele até que o resultado venha ou desistir antes do tempo.

• Você pode ter paciência no trânsito e chegar são e salvo ou impacientemente tentar ultrapassar todos os carros e arriscar um acidente.

• Você pode ter a paciência de arrumar a bagunça antes de sair e ter o incômodo de ter que fazê-lo na volta quando estiver cansado.

E assim vão muitos outros exemplos.

É a paciência agora em troca de um resultado futuro.

O problema é que a sociedade de hoje está acostumada com gratificação instantânea.

Tudo acontece muito rápido. Quer algo gostoso, come um fast food. Está com tédio, baixa um joguinho no celular.

Enfim, tudo está ao seu alcance imediatamente. É só puxar o cartão de crédito e pronto. Você tem o que quer na mão.

O problema é que nem tudo se compra com dinheiro. Ou a solução rápida pode custar caro lá na frente.

Adicionalmente, a vida corrida de hoje em dia faz com que estejamos sempre em movimento. Sempre com alguma atividade acontecendo.

Aí de repente você chega no banco e encontra aquela imensa fila. Pronto. Era tudo que precisa para surgir a impaciência.

O problema da impaciência é que pode ser uma enorme fonte de stress.

Você compra uma peça que estragou do seu carro. Ela vêm por correio e vai levar 7 dias. É recém o terceiro dia e você já está num stress tremendo porque a peça ainda não chegou.

O stress causado pela impaciência acaba resultando num bloqueio mental.

Você fica focado naquilo que você gostaria que já estivesse disponível mas ainda não está.

Então você se irrita, reclama para si mesmo, reclama para os outros, fica tenso, têm dificuldades para fazer outras atividades, pode ter até insônia.

Isso tudo por pura impaciência. É importante perceber que cada coisa têm o seu tempo e às vezes é preciso saber aguardar. Pacientemente :).

Segue 9 dicas para você ser mais paciente:

1. Respire fundo e conte até 10

Às vezes, você pode perder a paciência com alguém porque essa pessoa disse algo que você não gostou, por exemplo, enviando uma mensagem de texto ou email que deixou você em fúria.

A tendência é responder na hora num formato “contra-ataque”. Nesses casos uma boa técnica é respirar fundo e mentalmente contar até dez.

Essa pausa ajuda a eliminar o risco de fazer uma bobagem no primeiro impulso. Se possível aguarde até mais do que isso.

Geralmente é melhor deixar para responder um email desses no dia seguinte quando já estiver mais calmo e pensando com a razão em da emoção.

2. Relaxe

Faça um relaxamento físico. Por exemplo, faça um alongamento, saia para caminhar e dar uma arejada na cabeça. Envolva-se com uma outra atividade para passar o tempo.

3. Aguarde a hora certa para decidir

Uma sugestão importante é você aguardar a cabeça esfriar até tomar uma decisão. Evite tomar decisão de cabeça quente.

Geralmente essas decisões são baseadas na emoção e não na razão. Tendo paciência, você decidirá com a cabeça fria e poderá obter os melhores resultados.

4. Perceba o que faz você perder a paciência

É quando o seu chefe diz para você fazer aquela tarefa que você odeia? É quando o seu filho grita para pedir alguma coisa?

Sabendo o que faz você perder a paciência ajuda você a se preparar e pensar como irá agir da próxima vez que isso acontecer.

5. Ganhe confiança baseado no seu histórico

Procure se lembrar de outras vezes que você precisou de paciência e os resultados positivos de ter aguardado a sua hora.

6. Pense de forma ampla

Esse é um problema realmente grande? Será que vou me importar com isso daqui uma semana, daqui um mês, daqui um ano?

Muito provavelmente você perceberá que o motivo da sua impaciência não é tão importante assim.

Se for algo importante, como uma solicitação do seu chefe, pense que agora você precisa fazer isso, mas a recompensa vem de outra forma.

Lembro de ter um chefe uma vez que disse que todos nós independente da função que exercíamos na empresa devíamos estar preparados para fazer alguma atividade que não fosse a nossa atividade principal.

Ele era um diretor importante de uma multinacional e todos nós da equipe éramos pessoas altamente qualificadas.

Ele disse que se em um determinado momento algum de nós (incluindo ele) precisássemos varrer o chão mesmo nós não tendo sido contratados para área de limpeza, precisávamos fazer de bom grado pois aquilo naquele momento era importante para equipe e não seria uma atividade permanente.

Claro, ele usou de um exemplo extremo que nunca de fato aconteceu mas o ponto é que em vez de ficar impaciente ao fazer algo que não agrade, o mais importante é pensar em como aquela atividade momentânea contribui para a situação como um todo.

7. Visualize

Agora que você já sabe de antemão o que te deixa irritado, visualize essa situação acontecendo da próxima vez. Aí pense o que você fará para agir com calma.

Vamos supor que você se irrita quando é a sua vez de lavar a louça. Pense se realmente faz sentido se irritar.

O que você vai dizer na hora? Como você vai agir?

Talvez pensando antecipadamente você veja que realmente o que está tirando a sua paciência na verdade têm o seu motivo de ser.

Por exemplo, você pode perceber que realmente você deve contribuir lavando a louça e isso não deve mais ser um motivo para perder a paciência.

8. Deixe quieto

Têm certas coisas que não mudam. Simplesmente são o que são. Não importa o quanto você grite ou se descabele. Então às vezes o melhor comportamento é simplesmente deixar quieto.

Em outras palavras, esquecer do assunto porque o que como diz o ditado, problema que não tem solução, solucionado está.

9. Ter paciência recompensa

Saiba que certas coisas demoram para vir mas se você for paciente o suficiente você terá a recompensa. A paciência é uma virtude que se paga.

Você investe agora com paciência e, em troca, têm maiores chances de receber aquilo que você se propôs a esperar.

Como disse Einstein, “Não é que eu seja tão inteligente, apenas me dedico aos problemas por mais tempo.”. Em outras palavras, com paciência se pode chegar a grandes resultados.

Um abraço! Juan